Khort está sujo!? Peça um limpo

1

Tenho ouvido bastante que as pessoas não tem utilizado o Khort por encontrá-lo sujo no local de uso. Depois de alguns feedbacks similares, comecei a pensar sobre esse fato e resolvi chamar os críticos de plantão para uma reflexão rápida e simples.

Primeiro passo é tirar a “novidade” de questão e trazer a situação para um utensílio do dia a dia.
Segue a pergunta:

Garfo sujo? Tô fora!

– Se estiver em um restaurante e encontrar um garfo sujo, o que faria?

(a) Solicitar que alguém troque ou limpe e depois utilizá-los;
(b) Culpar a tramontina e comer com as mãos;
(c) Achar que o lugar não tem o devido cuidado com o serviço oferecido e comer com as mãos;
(d) Ir embora, pois entende que todo o lugar é sujo e não vale arriscar na comida.
(e) Colocar o garfo sujo na boca

Talvez por estar envolvido no processo não consiga enxergar outra resposta. A minha seria a letra (a) ou (d) dependendo do nível de sujeira, localização e ambiente. Considerando que tenha selecionado a letra (d) (Ir embora, pois entende que todo o lugar é sujo e não vale arriscar na comida.) e no restaurante seguinte tivesse encontrado um garfo igualzinho, mas limpo, não iria me opor a usá-lo.

Lâmina pode ser retirada para limpeza

Logo, eu imagino que o problema não esteja no produto e sim na sua manutenção por parte dos bares e restaurantes que estejam utilizando. Se formos analisar o Khort, perceberemos que internamente seus cantos são arredondados para não acumular sujeira, a angulação e espaço logo abaixo a lâmina proporciona contato com todas as áreas que por ventura poderiam se sujar de molho e finalmente, parte com a lâmina pode ser removida para ficar de molho, ou ser colocada na máquina de lavar ou até mesmo substituída por outra para ganhar tempo em sua manutenção.

Posso afirmar que é muito mais sujo colocá-lo na boca que num Khort sujo… espere e verá!

Então, fica aí a dica. O Khort está sujo, peça um limpo ou mande limpar!

Não acredita? Veja o vídeo!

One comment on “Khort está sujo!? Peça um limpo

  1. CRISÓGENES FERREIRA DE OLIVEIRA disse:

    Caro Rodolfo.

    Os Burrocratas e vitrinitas de plantão estão em todo lugar,desejosos para mostrarem condutas de moral e sucesso na vida pessoal e profissional. As vezes passamos cinco, seis anos desenvolvendo um projeto para um desses solucionistas, após esse período querer vir nos ensinar o caminho das pedras.
    Parabéns por seu trabalho, continuei na meta do que voce tem conciencia do que estar certo ou errado, sem deixar de acatar sugestões realmente construtivas e que acrescente algo de bom no trabalho desenvovido.

    Crisógenes Ferreira de Oliveira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s