Bisnagas X Sachê

Você acaba de sair do trabalho e bateu aquela fome. Você se dirige a lanchonete mais próxima e pede um sanduíche caprichado. Ao sentar-se na mesa, ele já está lá, esperando por você: o catchup. Até aí tudo bem, desde que ele esteja em sachês. Isto porque a Vigilância Sanitária não recomenda o uso de catchup/maionese/mostarda armazenados em tubos de plástico.

Quem for a uma lanchonete e utilizar catchup e maionese acondicionados em bisnagas de plástico corre um sério risco de ter problemas de saúde. Médicos  ouvidos pela Folha de São Paulo alertam que o uso desses tubos -principalmente se estiverem sujos- podem causar desde um mal-estar a uma infecção intestinal.

Bisnagas de condimento

Em alguns locais do país o uso das bisnagas é proibido, mas em algumas cidades como por exemplo São Paulo, a troca das bisnagas pelos sachês é facultativa.

Para o gastroenterologista Marcelo Ribeiro, do hospital São Luiz, um dos riscos dessas embalagens está no exterior da bisnaga. Segundo ele, como várias pessoas manuseiam o objeto, a região se torna bastante vulnerável à contaminação.

‘Você não sabe se, por exemplo, a pessoa que está ao seu lado na lanchonete foi ao banheiro, não lavou a mão e pegou na bisnaga’, afirma.

Outro problema está na ponta do bico do tubo -local onde se concentram resíduos dos temperos. ‘Ali é um meio de cultura, com concentração de carboidratos, açúcares e outros corantes. Bactérias podem ficar ali e causar uma infecção alimentar’, diz.

São inúmeros os motivos para que a utilização dos sachês seja considerada mais segura, vamos destacar 5 delas:
  1. São fabricados com padronização de higiene e segurança alimentar.
  2. São fechados e protegidos contra contaminações externas.
  3. Possuem validade e não exigem manipulação dos funcionários.
  4. São mais seguros e podem ficar expostos em temperatura ambiente por mais tempo, desde que fechados.
  5. Evita desperdícios.

Khort tem o refil removível

E agora, para tornar o uso dos sachês ainda mais seguro, higiênico e prático chegou o Khort, com ele não é necessário utilizar os dentes para abrir a embalagem. E ele é tão fácil de limpar quanto de usar. O Refil é removível tornando a limpeza ainda mais simples e eficaz.

 

 

 

 

 

Fonte: Folha de S. Paulo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s